Empresa que vende ferro, telhas e tijolos é quem faz transmissão de TV e rádio para a Câmara de Campina Grande

Colunistas

  • Marcos Marinho
    O VINHO QUE EU NÃO TOMEI
  • Amaro Pinto
    O ERMITÃO DA LADEIRA.
  • Júnior Gurgel
    O DRAMA DOS DOUTORANDOS
  • Vanderley de Brito
    PARA SER HONESTO COM A HISTÓRIA...

Enquete

Galeria de Fotos

  • A história da primeira santa brasileira (Irmã Dulce), em fotos

  • Filiação de Romero Rodrigues no PSD

  • Troféu Gonzagão 2018

Entrevistas

Moro abre o gabinete para "Gazeta do Povo" e fala sobre lealdade a Bolsonaro, 2022, STF e Lula

O ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, levou três dias após a soltura do ex-presidente Lula para falar a um veículo de imprensa sobre a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) de proibir as prisões de condenados em segunda instância judicial. E essa primeira entrevista foi concedida, na segunda-feira (11), à Gazeta do Povo.

O ministro abriu seu gabinete no ministério e falou sobre Lula, STF, possibilidade de reverter o entendimento sobre a segunda instância e futuro da Lava Jato. Mas Moro também comentou sobre vários outros assuntos: os resultados de sua gestão no combate à criminalidade, a investigação sobre o mandante do atentado contra o então candidato Jair Bolsonaro, sua lealdade ao presidente, a possibilidade de concorrer na eleição de 2022, as críticas de que haveria interferência presidencial na Polícia Federal, o pacote anticrime, o "sensacionalismo" que vê em parte da imprensa.

Nesta terça-feira (12), a Gazeta do Povo publicou em texto a íntegra da entrevista com Sergio Moro e outros conteúdos especiais: um vídeo com os melhores momentos da conversa do ministro com os jornalistas da Gazeta e, ao longo da entrevista, outros vídeos com o resumo das declarações do ministro sobre assuntos pontuais. Ao fim do texto, mais um vídeo – sobre os bastidores da entrevista – e a íntegra da conversa em áudio.

Pela...

>>>> Continue lendo