Avião que caiu em São Paulo e matou filho de Deca do Atacadão transportava 360 Kg de cocaína pura avaliada em R$ 11 milhões

17/11/2020

A morte de Marcelo Ricardo, filho do empresário Deca do Atacadão Rio do Peixe, após ser confirmada a partir de um documento de identificação encontrado junto aos destroços do avião que se espatifou neste sábado (14) em uma área de mata às margens da rodovia Geraldo Barros (SP304), em São Pedro (SP), além de luto e muita tristeza trouxe complicações gigantes para a família do poderoso ex-suplente de Senador.  

Familiares de Marcelo se deslocaram de Cajazeiras para Campina Grande, de onde por via aérea seguiram para São Paulo para tomar as providências cabíveis, no caso o traslado do corpo do jovem e responder a implicações relacionadas à carga que era transportada pela aeronave: cerca de 360 quilos de cocaína pura, mercadoria avaliada em aproximadamente R$ 11 milhões.

O filho de Deca era vice-presidente de vendas e marketing na BDK Corporate & Private Bank, em Campina Grande. A empresa é uma distribuidora de canal de massa das operadoras TIM, OI e VIVO de alguns estados.

O caso foi registrado na Delegacia de São Pedro, mas a investigação tem o apoio da 2ª DISE (Delegacia de Investigações Sobre Entorpecentes) da DEIC (Divisão Especializada de Investigações Criminais).  


Por volta das 16h de sábado a droga estava sendo escoltada pela Polícia Civil para a realização de contagem. O delegado divisionário da DEIC Wilson Lavorenti, acompanhado das equipes da delegacia especializada, esteve no local para dar início às apurações.

- “As investigações serão realizadas com o apoio da nossa delegacia. Ainda não sabemos se o piloto seria o proprietário da aeronave ou apenas contratado para fazer o transporte”, afirmou o delegado.

Peritos do IC (Instituto de Criminalística) de Piracicaba também estiveram no local para fazer o levantamento sobre as circunstâncias do ocorrido. Posteriormente, o corpo do piloto foi retirado das ferragens e levado ao IML (Instituto Médico Legal) para a realização de exame necroscópico para tentar confirmar a causa da morte.  

- “Pela análise prévia do local, não conseguimos identificar combustível nas imediações, possivelmente o avião sofreu uma espécie de pane seca e caiu”, completou Lavorenti.

Fonte: Da Redação




Comentários realizados

  • 16/11/2020 às 15:20

    Verdades difíceis de acreditar

    CPF cancelado

Deixe seu Comentário

Seu endereço de e-mail é de preenchimento obrigatório, mas não se preocupe que não publicaremos. Seu comentário será moderado pelo administrador do site e só será divulgado após isso.*


Outras Notícias