Campina Grande quase ferveu domingo quando a temperatura foi a maior dos últimos 56 anos segundo a AESA

30/11/2019

Campina Grande quase ferveu no último domingo, quando a sensação térmica em alguns pontos da cidade chegou a superar 40 graus, embora os termômetros tenham marcado em média 35,3 graus.

Segundo a meteorologista da Agência Executiva de Gestão das Águas (AESA), Marle Bandeira, esta foi a maior temperatura registrada na cidade em 56 anos.

Ela explica que a temperatura subiu tanto assim devido à falta de nuvens e aos ventos fracos. O clima foi medido com base em dados históricos da AESA e do Instituto Nacional de Meteorologia (INMET), mas a sensação pode mudar de acordo com o local notificado.

“A sensação pode variar de acordo com o lugar em que a pessoa esteja. No centro, por exemplo, ela vai ser mais forte por causa do asfalto e dos prédios altos. São as chamadas ilhas de calor”, comentou Marle.

A especialista ainda explicou que o calor deve permanecer em Campina Grande até o fim do verão e as baixas gradativas devem começar a ser registradas no início do outono de 2020, no dia 20 de março.

Fonte: Da Redação




Comentários realizados

  • Essa matéria ainda não tem comentários realizados e você pode ser o primeiro a comentar.

Deixe seu Comentário

Seu endereço de e-mail é de preenchimento obrigatório, mas não se preocupe que não publicaremos. Seu comentário será moderado pelo administrador do site e só será divulgado após isso.*


Outras Notícias