Com festa em Brasília Bolsonaro e Michelle vão entronizar Pinto do Acordeon como "Patrimônio Cultural do Brasil"

01/09/2020

O saudoso cantor e compositor paraibano Pinto do Acordeon, que morreu no dia 21 de julho deste ano, se tornou Patrimônio Cultural do Brasil e a homenagem será referendada pelo Presidente Jair Bolsonaro e a Primeira-Dama Michelle, em solenidade programada para terça-feira, 01 de outubro, em Brasília.

A informação foi dada hoje em primeira mão pelo filho do artista, Mô Lima, em sua rede social.

A solenidade na Capital do País terá a presença de amigos e parentes do homenageado e será conduzida pelo secretário de Cultura Nacional, Mário Frias.

O filho de Pinto, em seu comunicado, disse esperar “que a nossa cultura nordestina, que o nosso forró e que a importância de tudo isso continue sendo reconhecido pelo seu valor único!”. Para ele, “Pinto do Acordeon é Paraíba, Pinto do Acordeon é Nordeste, Pinto do Acordeon é Brasil, Pinto do Acordeon é eternidade”.

E concluiu, orgulhoso pelo pai: “A nossa estrelinha brilha ainda mais forte!”.

Fonte: Da Redação

 
What do you want to do ?
New mail



Comentários realizados

  • Essa matéria ainda não tem comentários realizados e você pode ser o primeiro a comentar.

Deixe seu Comentário

Seu endereço de e-mail é de preenchimento obrigatório, mas não se preocupe que não publicaremos. Seu comentário será moderado pelo administrador do site e só será divulgado após isso.*


Outras Notícias