Filhos de Bolsonaro criticam decisão do STF: "O legal é lacrar! Pobre deste povo!"

08/11/2019
Foto: Flickr/Jair Bolsonaro
Foto: Flickr/Jair Bolsonaro

Os filhos do presidente Jair Bolsonaro comentaram no Twitter a decisão do STF (Supremo Tribunal Federal) que determinou que a prisão de um réu só poderá ser realizada após o esgotamento dos recursos na Justiça. O voto de minerva do ministro Dias Tóffoli, que decidiu o placar por 6 a 5 derrubou o entendimento da Corte de 2016, que permitia a prisão após a condenação em 2ª instância.

O novo entendimento do Supremo Tribunal Federal pode beneficiar o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que pode ser solto nos próximos dias. As declarações dos filhos do presidente, no entanto, não citam Lula.

“Milhares de presos serão soltos e atordoarão a todos que, independente de escolha política, gerará reflexos sociais e econômicos seríssimos internos e externos, para quem está aí ou quem virá”, escreveu o vereador do Rio de Janeiro Carlos Bolsonaro (PSC). “O legal é lacrar! Pobre deste povo!”

Para o deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL) a decisão do STF irá “soltar bandidos”, enquanto os cidadãos permanecem desarmados. “Pobre do brasileiro”, declarou.

O senador Flávio Bolsonaro (PSL), por sua vez, não se pronunciou sobre o caso até o momento. Na terça-feira (5), porém, ele postou um vídeo, declarando ser a favor da prisão após a condenação em 2ª instância e afirmou que “qualquer proposta de emenda à Constituição ou projeto de lei no sentido de não deixar mais dúvidas quanto à possibilidade de prisão após a condenação em segunda instância” terá seu “apoio incondicional”.

Fonte: bahia.ba




Comentários realizados

  • Essa matéria ainda não tem comentários realizados e você pode ser o primeiro a comentar.

Deixe seu Comentário

Seu endereço de e-mail é de preenchimento obrigatório, mas não se preocupe que não publicaremos. Seu comentário será moderado pelo administrador do site e só será divulgado após isso.*


Outras Notícias