Ricardo debate Segurança Pública com demais governadores do Nordeste no Piauí

06/03/2018

O governador Ricardo Coutinho participa, nesta terça-feira (6), da reunião com os demais governadores do Nordeste, em Teresina, no Piauí, no Espaço Coco Bambu. O objetivo do evento é discutir a implementação de um plano de segurança comum a todos os estados, bem como o desenvolvimento de políticas públicas para o setor.


“Nós devemos criar um termo de acordo entre os Estados para proporcionar uma melhor aproximação na ação entre as nossas forças policiais, particularmente nas ações de divisas – a Paraíba faz divisa com Rio Grande do Norte, Ceará e Pernambuco. Também na questão dos dados, dos cadastros que existam, devemos aproximar nossas ações”, adiantou Ricardo Coutinho, durante o programa semanal Fala Governador, transmitido em cadeia estadual de rádios sob a coordenação da Rádio Tabajara.


De acordo com a Coordenadoria de Comunicação do Governo do Piauí, todos os chefes de estado da região confirmaram presença no evento, que entre outros pontos, também analisará a criação de um fundo nacional para segurança. A proposta foi apresentada pelo Governo Federal, na última quinta-feira (1º), em reunião com os líderes estaduais de todo o Brasil.


Os governadores também vão ler a Carta de Teresina, um documento redigido por secretários de Segurança e de Justiça de vários estados, que se reuniram em Teresina, nesta segunda-feira (5), como parte da agenda do Encontro de Governadores do Nordeste.


O documento irá elencar as prioridades a serem trabalhadas no âmbito da segurança pública. Entre os pontos principais, estão a modernização do sistema penitenciário e o combate integrado às organizações criminosas. Também figuram como prioridades a redução do feminicídio e violência contra a mulher; a diminuição de homicídios dolosos e o combate integrado ao tráfico de drogas, armas e proteção das fronteiras.


A meta é agregar as ações de segurança pública criando um sistema regular de financiamento, permitindo que cada estado, dentro de suas necessidades e planejamento, possa fortalecer o setor, com a aquisição de equipamentos, contratação de pessoal e reforço nas políticas salariais.


Fonte: Secom-PB




Comentários realizados

  • Essa matéria ainda não tem comentários realizados e você pode ser o primeiro a comentar.

Outras Notícias