Governador sanciona lei e suspende cobrança de consignados por quatro meses; servidores das prefeituras de João Pessoa e Campina aguardam decisões parlamentares

08/06/2020

O servidor público estadual paraibano que tem descontado todo mês em seu contra cheque o valor referente a qualquer empréstimo consignado feito junto a uma instituição bancária vai respirar um pouco mais aliviado nos próximos quatro meses.

É que o governador João Azevedo (Cidadania) sancionou lei aprovada pela Assembleia Legislativa da Paraíba suspendendo o pagamento por parte dos servidores dos empréstimos consignados por 120 dias.

A sanção foi publicada na edição do Diário Oficial desta quinta-feira, 4, e o prazo da suspensão começa a contar a partir desta publicação.

Aprovada pela Assembleia, a lei é de autoria dos deputados Walber Virgulino (Patriotas) e Wilson Filho (PTB).

Pela lei, o prazo da suspensão será automaticamente prorrogado caso o Estado de Calamidade Pública em vigor na Paraíba em razão da pandemia do Corona Vírus seja estendido.

Em João Pessoa, o prefeito Luciano Cartaxo (PV) está para decidir sobre lei semelhante para o servidor público municipal.

E em Campina Grande, quatro projetos de lei semelhantes foram protocolados pelos vereadores, mas ontem na sessão virtual da Casa um pedido de vista adiou a votação.

Fonte: Da Redação com Blog de Luiz Torres




Comentários realizados

  • Essa matéria ainda não tem comentários realizados e você pode ser o primeiro a comentar.

Deixe seu Comentário

Seu endereço de e-mail é de preenchimento obrigatório, mas não se preocupe que não publicaremos. Seu comentário será moderado pelo administrador do site e só será divulgado após isso.*


Outras Notícias