Procon de Campina Grande realizará força tarefa para evitar aumento abusivo no preço dos combustíveis

04/09/2018
Rivaldo Rodrigues pede que população denuncie ao Procon reajustes abusivos de preços
Rivaldo Rodrigues pede que população denuncie ao Procon reajustes abusivos de preços

Equipes do Procon de Campina Grande realizarão na manhã desta segunda-feira, 03, uma fiscalização nos postos da cidade para verificar os valores praticados na venda de combustíveis. A força tarefa, determinada pelo coordenador municipal do Procon, Rivaldo Rodrigues, objetiva averiguar possíveis abusos na cobrança de preços.

Conforme o Procon, na manhã do último domingo, 02, foi constatado pelas redes sociais um aumento no volume de informações sobre uma possível nova paralisação nacional de caminhoneiros. Essa nova greve ocorreria devido ao reajuste de 13% no preço do diesel e de 1,53% no preço do litro da gasolina nas refinarias, concedido pelo governo federal na última sexta-feira, 31.

As notícias falsas promoveram uma ida desenfreada aos postos de combustíveis para o abastecimento de veículos. O coordenador do Procon campinense relatou que, devido à grande procura para o abastecimento, o órgão recebeu muitas denúncias de reajuste abusivo nos preços dos combustíveis.

Diante das notícias sobre uma possível paralisação de caminhoneiros, o coordenador Rivaldo Rodrigues pede à população manter a calma, evitar o pânico e ficar atento às notícias de fontes confiáveis como rádio, TV e jornais de grande circulação.

Caso o consumidor se depare com um reajuste abusivo, deverá entrar em contato com o Procon de Campina Grande imediatamente por meio dos telefones 151 ou 83 98802-5525, no aplicativo para celular Procon CG Móvel ou por e-mail contato@procon.campinagrande.pb.gov.br.




Comentários realizados

  • Essa matéria ainda não tem comentários realizados e você pode ser o primeiro a comentar.

Outras Notícias