Em último jogo antes da suspensão do NBB, Unifacisa perde para o São Paulo em um grande jogo.

16/03/2020

Unifacisa e São Paulo se enfrentaram pela nona vez em sua história, na noite deste domingo, 15, às 18h, na Arena Unifacisa, em Campina Grande, por mais uma rodada do NBB. A partida que aconteceu com portões fechados, como medida preventiva aos avanços do coronavírus em todo o país, também foi à última partida realizada pelo campeonato antes de sua suspensão.
 
O anúncio aconteceu no início da noite, já com a partida entre Unifacisa e São Paulo em andamento. Segundo nota oficial liberada pela Liga Nacional de Basquete, o campeonato está suspenso a partir do dia 16 de março, sem previsão de retorno.
 
Mesmo sem a presença da torcida, a partida foi repleta de emoções, os duelos entre Unifacisa e São Paulo já podem ser considerados verdadeiros clássicos, as equipes já haviam se enfrentado 8 vezes em menos de 2 anos, 7 vezes pela Liga Ouro 2019, onde ambos os times jogaram as finais do campeonato e a Unifacisa se sagrou campeã, no Morumbi, garantindo o acesso em quadra ao NBB.

O time do São Paulo tem o segundo melhor aproveitamento no campeonato jogando fora de casa, são 11 vitórias e apenas 1 derrota. Já a Unifacisa possuí o segundo melhor aproveitamento do campeonato, dentro de casa, com 10 vitórias e 4 derrotas. Além disso, o confronto entre as duas equipes encontrava-se empatado, 4 vitórias para cada time, todo esse cenário tornava esse jogo bastante especial.
 
A equipe da Unifacisa já havia vencido o São Paulo no primeiro turno do NBB, quando foi até o Morumbi, pelo placar de 89 a 79. Hoje o resultado foi diferente, apesar de terem feito um grande jogo e tirando uma diferença de 17 pontos no placar, o time de Campina Grande não conseguiu o rebote final e perdeu para o São Paulo pelo placar de 106 a 103.
 O cestinha da Unifacisa foi o armador, Nate Barnes, com 23 pontos, e 5 assistências. Outro destaque foi o ala, Gemerson, com uma grande partida defensiva, o jogador ainda marcou 18 pontos.
 
A Unifacisa ainda tem 3 partidas restantes, mas se despede da Arena, na temporada regular, com um grande jogo, apesar dos portões fechados. Com o campeonato suspenso a partir do dia 16, o próximo compromisso do time, que viaja para enfrentar o Minas Tênis Clube, ainda não tem data definida.
 
Com início bastante equilibrado, as equipes encaixaram muito bem os seus ataques e fizeram um excelente primeiro quarto ofensivamente, somando para 57 pontos.
 
De acordo com as estatísticas, foi um quarto bastante equilibrado, como era de se esperar. Unifacisa teve 50% de aproveitamento nos lances do perímetro, a equipe também explorou bastante os arremessos de média e curta distância, chutando 12 e convertendo 6. Já a equipe do São Paulo procurou explorar os chutes de longa distância, onde obteve um aproveitamento um pouco melhor, 58.3%, sendo o diferencial para a equipe liderar no placar.

O segundo quarto foi marcado pelas fortes defesas, as equipes apertaram sua marcação e tiveram bastante trabalho rodando a bola na busca por espaços na quadra. Da linha de 3 a Unifacisa perdeu um pouco do bom aproveitamento que teve no início da noite e optou por continuar explorando o garrafão, mas ainda não foi o suficiente para conseguir a liderança do placar, o São Paulo nas chances que teve, soube aproveitar os arremessos da linha de 3 e abriu vantagem, fechando o primeiro tempo em 52 a 45.

A Unifacisa voltou do intervalo um pouco fora de ritmo, o São Paulo conseguiu imprimir seu jogo de forma mais eficiente e abriu uma vantagem que chegou a ser de 17 pontos. Precisando se recuperar, o técnico da Unifacisa, Felipe Santana, colocou em quadra um time mais físico na marcação e que buscou as faltas e linha de lance livre. A estratégia deu certo, o time buscou a diferença no placar chegando a assumir a liderança momentânea no último período. Após boas ações ofensivas o time paulista conquistou a virada e anulou bons ataques do time paraibano na reta final. Ainda assim, os segundos finais da partida foram repletos de emoção e a partida só foi decidida na última bola, quando o armador da Unifacisa, Nate Barnes, não conseguiu acertar o aro no arremesso livre impossibilitando o rebote para os donos da casa e o São Paulo venceu a Unifacisa pelo placar de 106 a 103.

Fonte: Assessoria




Comentários realizados

  • Essa matéria ainda não tem comentários realizados e você pode ser o primeiro a comentar.

Deixe seu Comentário

Seu endereço de e-mail é de preenchimento obrigatório, mas não se preocupe que não publicaremos. Seu comentário será moderado pelo administrador do site e só será divulgado após isso.*


Outras Notícias