Papa Francisco oferece almoço a milhares de excluídos

21/11/2017

O papa Francisco convidou neste domingo (19) para uma missa e um almoço no Vaticano milhares de pessoas excluídas socialmente. Ele quis compartilhar com elas a primeira Jornada Mundial dos Pobres. Na missa, segundo o G1, celebrada na Basílica de São Pedro, o papa pediu aos fiéis que lutem contra a indiferença em relação aos mais necessitados.

“Temos talentos, somos talentosos aos olhos de Deus. Portanto, ninguém pode se considerar tão pobre ao ponto de não poder dar nada aos demais”, disse Francisco, perante 7 mil pessoas reunidas no Vaticano. Cerca de 4,5 mil pessoas foram convidadas por Francisco enquanto carentes, que passam por privações como a falta de um teto para morar.

“Não fazer nada de mal não basta. Deus é um pai em busca de seus filhos a quem confiar seus bens e seus projetos”, acrescentou o argentino. De acordo com Francisco, “a omissão perante os pobres também é um pecado”. “Isso tem um nome preciso: indiferença. É como dizer ‘isso não é problema meu, é culpa da sociedade”, explicou.

Em sua mensagem, o papa argentino lembrou que os pobres, em sua fragilidade, são dotados de uma força salvadora. “Apesar de terem pouco valor ante os olhos do mundo, são eles que nos abrem o caminho para o céu”, completou.

Fonte: Bahia.ba




Comentários realizados

  • Essa matéria ainda não tem comentários realizados e você pode ser o primeiro a comentar.

Deixe seu Comentário

Seu endereço de e-mail é de preenchimento obrigatório, mas não se preocupe que não publicaremos. Seu comentário será moderado pelo administrador do site e só será divulgado após isso.*


Outras Notícias