Três vítimas fatais são confirmadas em atentado a tiros durante torneio de videogame nos EUA

28/08/2018

O esporte eletrônico entrou para as estatísticas dos Estados Unidos neste domingo (26). Mas não porque bateu algum recorde de visualização ou premiação, pelo contrário. Uma etapa classificatória do Madden 19 Classic - torneio de Madden NFL 19 -, que estava sendo disputada em Jacksonville, Flórida, foi alvo de um atentado.

O xerife da cidade, Mike Williams, afirmou que o suspeito do ataque é David Katz, de 24 anos, morador de Baltimore que estava competindo no evento. De acordo com o oficial, o número de vítimas fatais é de 3 e elas faleceram antes da chegada dos policiais. Entre elas está o atirador, que tirou a própria vida.

Ainda segundo o xerife, outras 11 vítimas estão hospitalizadas, sendo 9 baleadas e 2 lesionadas.

Em coletiva de imprensa, a departamento de polícia afirmou que Katz adentrou o GLHF Game Bar, local da disputa, e efetuou uma série de disparos com “pelo menos uma pistola” contra os presentes. O motivo do ataque ainda está sendo investigado, assim como a quantidade de armas utilizada por Katz.

O atentado ocorreu durante as quartas de final do torneio, que estavam sendo transmitidas ao vivo na Twitch - o vídeo, onde é possível ouvir os disparos e os gritos, já foi retirado da plataforma, mas segue online nas redes sociais.

Katz estava entre os competidores do evento e já havia sido eliminado. Conhecido na comunidade de Madden como “Bread” ou “RavensChamp”, ele venceu o Buffalo Bills Madden Club em fevereiro de 2017 e faturou US$ 10 mil.

A competição realizada em Jacksonville era uma das qualificatórias para para o Madden 19 Classic, evento patrocinado pela EA Sports e realizado em Las Vegas, Estados Unidos. A competição está prevista para outubro e distribuirá US$ 165 mil em premiação.

Fonte: ESPN




Comentários realizados

  • Essa matéria ainda não tem comentários realizados e você pode ser o primeiro a comentar.

Outras Notícias