Associação Campinense de Imprensa (ACI) realiza nesta quinta-feira palestras sobre o papel social do jornalista na prevenção ao suicídio

19/09/2019

A Associação Campinense de Imprensa – ACI – realiza nesta quinta-feira (19), a partir das 19h, em sua sede, localizada às margens do Açude Velho, o “O Papel Social do Jornalista na Prevenção ao Suicídio”. A iniciativa é fruto do engajamento da instituição na Campanha “Setembro Amarelo”. A campanha tem como base, em Campina Grande, a Lei Municipal 7.010/2018, de autoria do vereador João Dantas.

O evento contará com a palestra da professora e psicóloga Ana Clara Cabral, que é pós-graduada em Psicologia Clínica pela Universidade Estadual da Paraíba (UEPB). Tem atuação profissional no Centro Especializado em Reabilitação - CER IV CG, além de experiência em grupos de extensão e pesquisa voltados a temática da Saúde Pública. Ela é, ainda, professora ministrando a disciplina Psicologia Aplicada. Presta atendimento clínico a adolescente e adultos. A profissional tem sido convidada para falar sobre o tema do suicídio em entrevistas a emissoras de rádio da cidade, sendo uma dinâmica colaboradora da imprensa campinense.

Por sua vez, o vereador João Dantas, que também será palestrante no evento, explicará a importância da Lei Municipal 7.010. Conforme garante, no mês do “Setembro Amarelo” deverão ser desenvolvidas ações, destinadas à população, com os seguintes objetivos: alertar e promover o debate sobre o suicídio e as suas possíveis causas; contribuir para a redução dos casos de suicídios no Município; estabelecer diretrizes para o desenvolvimento de ações integradas, envolvendo a população, órgãos públicos, instituições públicas e privadas, visando ampliar o debate sobre o problema; e estimular, sob o ponto de vista social e educacional, a concretização de ações, programas e projetos na área da educação e prevenção.

“O Papel do Jornalista é de fundamental importância diante do crescimento das taxas de suicídio no país que, conforme dados apresentados pelo Ministério da Saúde no seu último levantamento (2018), representou um crescimento de 2,3% em relação ao ano anterior, quando 11.178 pessoas tiraram a própria vida”, explicou João Dantas.

Fonte: Assessoria da ACI




Comentários realizados

  • Essa matéria ainda não tem comentários realizados e você pode ser o primeiro a comentar.

Deixe seu Comentário

Seu endereço de e-mail é de preenchimento obrigatório, mas não se preocupe que não publicaremos. Seu comentário será moderado pelo administrador do site e só será divulgado após isso.*


Outras Notícias

Vídeos Destaques

Mais Lidas