Em queda livre desde 2016 audiência da Correio FM em Campina é abatida de forma trágica pela nova Arapuan FM

30/11/2017

Em 2016 o “Sistema Correio de Rádio” em Campina Grande, em voo rasante, por pouco não foi abatido na corrida pela audiência na cidade. Os números despencaram do primeiro ao último horário, mas a direção achou que era simples acidente de percurso, nada a requerer avaliação nem providências.

“O que importa é o faturamento, onde continuamos vencedores”, justificou o "massagista de egos" Milton Figueiredo, já em 2016 em queda vertiginosa, desdenhando do sumiço de ouvintes no seu esticado horário, das cinco da tarde às sete da noite, de segunda a sexta.

Hoje (29), o acreditadíssimo Instituto 6Sigma, único no Nordeste filiado ao CENP (Conselho Executivo das Normas-Padrão), entidade de ética com atuação nacional criada e mantida exclusivamente pelo setor privado para assegurar boas práticas comerciais entre anunciantes, agências de publicidade e veículos de comunicação, registrou um desastre sem precedentes para o Sistema Correio, tragédia pior do que a queda do avião da Lamia que acabou com o time da Chapecoense um ano atrás.

No voo do avião boliviano restaram sobreviventes; no do Correio, não.

Dos jornalísticos comandados por Valderedo Borba, Carlos Souza (das 06 hs. às 08 hs.) e Milton Figueiredo (17 hs. às 19 hs.), passando pelos programas esportivos e pelos musicais, a queda foi estrondosa este ano conforme mostram os números isentos da 6Sigma.

Resultado: a noviça Arapuan FM, que opera na cidade há pouco tempo e ainda em caráter praticamente experimental, virou campeã absoluta de todos os horários, sofrendo ameaça apenas - e por mais incrível que possa parecer - de uma AM, a Caturité, emissora da Diocese que já em 2016 mostrava as suas afiadas garras na guerra da audiência.

Os dados foram coletados entre os dias 06 e 12 de novembro, fazendo referência à audiência entre os dias 03 e 12 de novembro de 2017. Dentre as pessoas pesquisadas, 47,6% são mulheres e 55,7% são homens.

Outrora imbatível, a 98.1 (Correio) ficou abaixo este ano até mesmo da 97.3 (Panorâmica), a popular rádio do deputado Damião Feliciano que há anos seguidos contentara-se em segurar a lanterna da audiência.

QUEDA DA CAMPINA FM

Os números da 6Sigma trouxeram uma outra surpresa: a queda de outra gigante da mídia local, a Campina FM (93.1), que despencou para a quarta posição.

A planilha 6Sigma ficou assim, em 2017:

01 - Rádio Arapuan FM: 17,08%

02 - Rádio Panorâmica FM: 16,08%

03 - Rádio Correio FM - 15,58%

04 – Rádio Campina FM: 14,43%

SUSPEIÇÃO

A pesquisa 6Sigma de 2017 foi inicialmente contratada por três emissoras (Correio FM, Panorâmica FM e Caturité AM). As demais rádios optaram por não participar dos custos da pesquisa e, portanto, não são citadas nominalmente, aparecendo como emissoras A, B, C e D.

Mas, de última hora e já com o trabalho de campo concluído, a 6Sigma aceitou incluir o Sistema Arapuan no pacote que pagou os custos, levantando suspeição quanto aos resultados e protesto das emissoras que aceitaram pagar pelo trabalho no primeiro instante.

Na tardinha desta quarta-feira, emparedada por insatisfeitos dirigentes de emissoras, a direção da 6Sigma reuniu sua equipe e deve nas próximas horas divulgar comunicado explicando determinadas situações contestadas. “Já teve gente rasgando contrato”, confidenciou um dirigente da 6Sigma para situar o clima pesado existente após a divulgação dos números.

UBIRATAN X MILTON FIGUEIREDO



Um único exemplo basta para mostrar o desastre reinante no Sistema Correio em Campina Grande: Ubiratan Cirne, que comanda sem equipe de edição na Caturité AM tradicional programa voltado para os municípios da região, das 16:30 hs às 18:00 hs., derrubou de modo vergonhoso os números da audiência do programa de Milton Figueiredo, astro da 98.1 que dispõe de uma grande equipe e de ferramentas modernas para alavancar a audiência, o que não vem conseguindo desde 2016. 

O “Caturité nos Municípios” de Ubiratan Cirne alcançou em média 13,36% de audiência, enquanto que o “Balanço Geral” de Milton Figueiredo patinou em 8,90%. Nesse horário, a 98.1 (Correio) perde para a Arapuan, Panorâmica, Caturité AM e para a Campina FM.

Os dados da pesquisa 6Sigmna foram coletados nas seguintes zonas:

NORTE: Alto Branco, Centro, Jeremias, Monte Santo e Palmeira;

LESTE: José Pinheiro, Monte Castelo, Nova Brasília;

OESTE: Bela Vista, Centenário, Malvinas, Pedregal, Quarenta, Santa Rosa, Santa Cruz, Serrotão e Bodocongó;

SUL: Acácio Figueiredo, Bairro das Cidades, Catolé, Cruzeiro, Jardim Paulistano, Liberdade, Sandra Cavalcanti, Tambor, Três Irmãs, Velame, Vila Cabral de Santa Terezinha;

DISTRITOS: Galante e São José da Mata.

Fonte: Da Redação




Comentários realizados

  • 01/12/2017 às 16:52

    Evilásio Dantas

    A Campina FM só podia ter caído de audiência: Colocar a Kalilka Vólia de apresentadora do Jornal Integração é a mesma coisa que pôr a Angélica pra apresentar o Jornal Nacional da TV Globo... É uma excelente locutora pra programas musicais, mas no jornalismo não dá.

  • 01/12/2017 às 14:49

    P.H.

    É sério que eu li que foi comparado o acidente da Chape com a queda da Correio? E ainda dizer que foi pior. Isso foi no mínimo a coisa mais sem noção que eu poderia ter visto. Bizarro, pra ser mais preciso. Lamentável.

  • 30/11/2017 às 23:42

    paulo roberto pereira

    e a CBN quando vai entrar no ar será ainda este ano? ou voltara a ser radio borborema am

    Resposta do Editor:

    Acho que só em 2018. Mas me dizem que tudo - tecnicamente - já está pronto. Faltando apenas obrigações burocráticas.

Deixe seu Comentário

Seu endereço de e-mail é de preenchimento obrigatório, mas não se preocupe que não publicaremos. Seu comentário será moderado pelo administrador do site e só será divulgado após isso.*


Outras Notícias