Metodologia desenvolvida pelo SESI PB promove gestão eficiente de iniciativas em saúde e segurança na indústria

09/10/2018

A equipe da área de Promoção da Saúde, da Unidade de Saúde e Segurança na Indústria, do SESI Paraíba desenvolveu este ano a Metodologia de Avaliação da Saúde e Segurança em Trabalhadores da Indústria – ASSTI.

O método avaliativo foi concebido após uma série de reuniões técnicas interdisciplinares que contou com a participação de representantes de outros  Regionais e Departamento Nacional. O trabalho também é resultante de um processo de avaliação de documentos já existentes e que são aplicados pelo SESI em indústrias de todo o país.

Na metodologia ASSTI, são analisados indicadores relacionados as características pessoais e demográficas, estilo de vida, estresse, Morbidade e percepção de saúde, produtividade e segurança no trabalho. A partir da utilização da Metodologia ASSTI os profissionais terão acesso também à análise de índices agregados para cada uma das dimensões, o índice Geral de Estilo de Vida - IGEV, o Índice de Produtividade - IPRO e o Índice de Percepção de Segurança no Trabalho -  IPST.

A aplicação da ASSTI fornece subsídios ao planejamento das intervenções em saúde e segurança, permitindo: 1 - estabelecer prioridades, 2 - definir metas e 3 - planejar ações a serem desenvolvidas.

Este ano, o SESI-PB já implantou a metodologia nos Estados do Piauí, Roraima, Rio Grande do Sul, Pará, Paraná, Amapá e Santa Catarina, e até o mês de novembro, Rondônia e Acre também implantarão. Em 2018, 260 profissionais das mais diversas áreas foram capacitados na metodologia pela equipe do SESI da Paraíba. Em 2019, a meta é implantar em mais 06 Estados Brasileiros.

Informações adicionais podem ser obtidas através do telefone: (83) 2101-5485.

Fonte: Fiep




Comentários realizados

  • Essa matéria ainda não tem comentários realizados e você pode ser o primeiro a comentar.

Outras Notícias