Promotor aposentado que plantava ‘figo da índia’ em Taperoá comete suicídio aos 84 anos em Campina Grande

15/04/2019

O promotor de Justiça aposentado Antônio Vilar Filho morreu na tarde deste sábado (13), aos 84 anos de idade. A suspeita é que tenha cometido suicídio com um tiro de arma de fogo na cabeça. A morte foi dentro de casa, no bairro do Alto Branco, em Campina Grande.

Antonio Vilar Filho foi Promotor de Justiça por 43 anos na Comarca de Taperoá. Ele foi o segundo da Comarca. Bacharelou-se em 1958 pela Faculdade de Direito do Recife e ingressou no Ministério Público por concurso, sendo nomeado para comarca de Soledade em 27.04.1962. Pediu remoção para Taperoá, assumindo o exercício do cargo no dia 21.12.1965.

O falecido é ex-sogro do Procurador Herbert Targino e primo do escritor Ariano Suassuna.

O corpo foi levado para IML para os exames e o velório aconteceu desde às 19 horas de sábado no Fórum em Taperoá, tendo o sepultamento ocorrido na manhã deste domingo.

AGRICULTOR

A morte do promotor surpreendeu amigos e familiares, que não encontram razões para o extremado gesto.

Em Taperoá, Antonio Vilar e seu filho Silvio Campo Vilar - donos da Fazenda Panatti - foram recentemente destaque em matéria do Globo Rural com a produção do figo-da-índia, fruto da palma que andava fazendo os dois sorrirem.

Na propriedade, que também produz farelo de palma, eles implantaram uma lavoura experimental específica para produção dos frutos. Ainda vai levar pelo menos dois anos para começar a produzir comercialmente, mas seu Antônio já tinha uma esperança, opa, "esperança, não, eu tenho certeza de que isso aqui ainda vai ser a principal fonte de renda da minha propriedade", se entusiasmou ao falar para a TV Globo.

Fonte: Da Redação




Comentários realizados

  • Essa matéria ainda não tem comentários realizados e você pode ser o primeiro a comentar.

Deixe seu Comentário

Seu endereço de e-mail é de preenchimento obrigatório, mas não se preocupe que não publicaremos. Seu comentário será moderado pelo administrador do site e só será divulgado após isso.*


Outras Notícias