Sessão da Câmara que pode afastar deputado Wilson Santiago está convocada para esta quarta feira

04/02/2020

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), marcou para amanhã (quarta-feira 5) uma sessão para os deputados decidirem se aceitam ou não o afastamento do mandato do deputado Wilson Santiago (PTB-PB)

A informação foi confirmada pelo líder do PTB, Pedro Fernandes (MA), ao Congresso em Foco. Santiago é denunciado por corrupção por desvios na Paraíba.

A decisão de afastar o deputado foi tomada em janeiro pelo Supremo Tribunal Federal e precisa ser confirmada pelos congressistas. Para tirar Santiago definitivamente do mandato ainda são necessários mais trâmites internos da Câmara.

Outros casos notórios de cassação do mandato na Câmara foram os do ex-ministro da Casa Civl José Dirceu (PT-SP) e do ex-presidente da Câmara Eduardo Cunha (MDB-RJ).

A Procuradoria Geral da República (PGR) denunciou no dia 23 de dezembro Wilson Santiago e mais seis pessoas pelos crimes de corrupção passiva e organização criminosa. O grupo é acusado de desviar recursos destinados à construção da adutora Capivara no sertão da Paraíba.

Na denúncia, a PGR afirma que a ação do grupo começou em julho de 2017, com um acordo firmado entre o deputado, o prefeito de Uiraúna (PB), João Bosco Fernandes, e o sócio da empresa Coenco, George Barbosa. Na ocasião, eles teriam acertado um esquema de pagamentos de vantagens indevidas relacionados à obra da adutora Capivara.

Se a Câmara referendar o afastamento de Santiago, quem assume é a primeira suplente da sua coligação, a ex-Primeira Dama de Campina Grande Ana Cláudia Vita do Rego (Podemos).

Fonte: Congresso em Foco




Comentários realizados

  • Essa matéria ainda não tem comentários realizados e você pode ser o primeiro a comentar.

Deixe seu Comentário

Seu endereço de e-mail é de preenchimento obrigatório, mas não se preocupe que não publicaremos. Seu comentário será moderado pelo administrador do site e só será divulgado após isso.*


Outras Notícias