Por enriquecimento ilícito e prejuízo ao erário MPPB abre novo inquérito contra ex-prefeita do Conde

30/01/2020

Baseado nas “inúmeras irregularidades detectadas pelo Tribunal de Contas do Estado da Paraíba na apreciação das contas da Prefeitura Municipal de Conde no exercício 2014”, o Ministério Público da Paraíba (MPPB), através da Promotoria de Justiça de Conde, resolveu instaurar mais um inquérito contra a ex-prefeita Tatiana Lundgren Corrêa. Desta vez, há possível ato de improbidade administrativa, através de enriquecimento ilícito, prejuízo ao erário e/ou violação de princípios da Administração Pública.

O despacho foi proferido na última quarta-feira (22), e está assinado pela Promotora de Justiça Cassiana Mendes de Sá.

“CONSIDERANDO que o acórdão APL-TC-00137/18 julgou irregulares as contas da ex-prefeita de Conde, Tatiana Lundgren Correa de Oliveira, da ex-gestora do Fundo Municipal de Assistência Social, Valcinete Araujo Melo, e do ex-gestor do Fundo Municipal de Saúde, José Francimar Veloso”, argumenta o MPPB.

De acordo com o despacho, esta ação é especificamente em relação às contas da Prefeitura de Conde referente ao exercício do ano de 2014.

Fonte: Da Redação




Comentários realizados

  • Essa matéria ainda não tem comentários realizados e você pode ser o primeiro a comentar.

Deixe seu Comentário

Seu endereço de e-mail é de preenchimento obrigatório, mas não se preocupe que não publicaremos. Seu comentário será moderado pelo administrador do site e só será divulgado após isso.*


Outras Notícias