Arthur não se incomoda com a bola que Bolsonaro deu a Cássio e mantém candidatura a prefeito pelo PSL

18/11/2019
O defenestrado presidente do PSL, Julian Lemos, foi quem lançou a candidatura de Bolinha em Campina
O defenestrado presidente do PSL, Julian Lemos, foi quem lançou a candidatura de Bolinha em Campina

O empresário Arthur Almeida não estava em Campina Grande quando o presidente Jair Bolsonaro em plena inauguração do Complexo Aluízio Campos, em Campina Grande, fez rasgados elogios ao ex-senador Cássio Cunha Lima e gritou “iuhuuuuuuuu” num ambiente pro Romero Rodrigues.

Lançado pré-candidato a prefeito de Campina Grande pelo partido de Bolsonaro, Bolinha, como é conhecido o empresário, disse que não se incomodou com a bola que o presidente deu ao tucano. “Foi só por causa do momento. Mas o presidente sabe que nem Cássio nem o filho votaram nele e que, ao contrário, o deputado Pedro até já bateu em seu governo”, declarou.

Bolinha disse ainda ao blog que não vai sair do PSL caso o presidente avance na criação de uma outra legenda. E garantiu que se manterá candidato à prefeitura de Campina defendendo e alinhado ao pensamento político vigente em Brasília.

Bolinha não acredita que será jogado de um lado para o outro.

Fonte: Blog “Luis Torres”




Comentários realizados

  • Essa matéria ainda não tem comentários realizados e você pode ser o primeiro a comentar.

Deixe seu Comentário

Seu endereço de e-mail é de preenchimento obrigatório, mas não se preocupe que não publicaremos. Seu comentário será moderado pelo administrador do site e só será divulgado após isso.*


Outras Notícias