Coronavírus consegue o impossível e por causa dele presidente do Senado manda Zé Maranhão para o ócio remunerado

19/03/2020

O que o povo da Paraíba nunca quis e muito menos ele próprio, hoje aconteceu em Brasília através de ato do Presidente do Senado, o jovem Davi Alcolumbre: aposentar (mesmo que temporariamente) o senador José Maranhão!

Mais velho parlamentar da Casa, o paraibano de Araruna está a partir de hoje dispensado das suas atividades no Senado Federal e pode se dedicar ao descanso remunerado na sua mansão do Altiplano do Cabo Branco ou, se preferir, ir contar o seu gado nas fazendas que possui em Tocantins e Mato Grosso.

A medida de  Davi Alcolumbre atinge todos os senadores com mais de 65 anos de idade e faz parte do elenco de providências tomadas para evitar a disseminação do Coronavírus no Parlamento.

Na medida, ficam consideradas justificadas as ausências em reuniões de comissões e do Plenário do Senado de parlamentares com mais de 65 anos, gestantes, imunodeprimidos ou portadores de doenças crônicas, grupo que compõe risco de aumento de mortalidade por covid-19, doença causada pelo novo coronavírus. Servidores e colaboradores enquadrados nas mesmas condições serão colocados em regime de teletrabalho.

Resultado de imagem para senador maranhão pulando a cerca

Ainda de acordo com a medida, as condições de saúde serão comunicadas por autodeclaração dos interessados à Presidência, no caso dos senadores, e ao superior imediato, no caso dos servidores e colaboradores.

As regulamentações relativas aos atos, assinados pelo presidente Davi Alcolumbre, serão publicadas no decorrer desta semana.

REUNIÕES DELIBERATIVAS

As medidas também restringem as atividades legislativas do Senado a reuniões deliberativas, tanto nas comissões quanto nas sessões plenárias, enquanto perdurarem as medidas de contenção à covid-19. Reuniões não deliberativas de comissões, como audiências públicas, dependerão de autorização da Presidência do Senado.

De acordo com os atos, fica suspensa a obrigatoriedade do registro eletrônico de frequência de todos os servidores e colaboradores e recomendada a adoção de teletrabalho, sempre que possível. Cada unidade administrativa do Senado poderá flexibilizar as formas de cumprimento da jornada de trabalho, garantindo a manutenção de seu pleno funcionamento.

Ficam suspensos ainda os crachás de acesso ao espaço Senador Luiz Henrique da Silveira, conhecido como “cafezinho dos senadores”, localizado ao lado do Plenário da Casa. Os atendimentos internos administrativos presenciais também serão suspensos, inclusive recadastramento de aposentados e pensionistas. Quando for indispensável, o atendimento será feito mediante agendamento prévio.

O presidente da Comissão de Relações Exteriores (CRE) do Senado, senador Nelsinho Trad (PSD-MS), informou na noite desta sexta-feira (13) ter testado positivo para Covid-19. No início do mês, o senador representou o Senado na viagem aos Estados Unidos com o presidente Jair Bolsonaro no início do mês.

Fonte: Agência Senado




Comentários realizados

  • Essa matéria ainda não tem comentários realizados e você pode ser o primeiro a comentar.

Deixe seu Comentário

Seu endereço de e-mail é de preenchimento obrigatório, mas não se preocupe que não publicaremos. Seu comentário será moderado pelo administrador do site e só será divulgado após isso.*


Outras Notícias

Vídeos Destaques