Dono da Arapuan grato a Cássio quer vê-lo prefeito de Campina outra vez e divulga pesquisa onde ele aparece como maior liderança da cidade

30/07/2019

Na desesperada tentativa de ressuscitar Cássio Cunha Lima para a vida pública o empresário João Gregório, que é dono do Sistema Arapuan de Comunicação e deve ao ex-Senador a sua vertiginosa e rápida ascensão financeira, encomendou pesquisa ao Instituto Opinião - velho conhecido das estratégias dos dois - para mostrar ao povo de Campina Grande que o derrotado ainda mora no coração do eleitorado da Borborema e deve, sim, voltar a ser prefeito do Município.

De acordo com o resultado da encomenda contratada ao instituto, que obviamente chegou conforme solicitado, Gregório mandou divulgar em sua rede de rádio e de TV que Cássio é a maior liderança política de Campina Grande e desbanca os dois senadores filhos da cidade - Veneziano e Daniella Ribeiro - e até mesmo o prefeito Romero Rodrigues (PSD).

Em oposição a pesquisa no estado todo e em João Pessoa, onde Ricardo foi o nome mais citado, na Rainha da Borborema Cássio assume o posto, apontado por 28,4% dos campinenses como a maior liderança política do estado.

O ex-governador Ricardo Coutinho (PSB) tem 15,4% da preferência, seguido pelo senador Veneziano Vital do Rego (PSB) com 11%.

Já o prefeito da cidade, Romero Rodrigues (PSD), aparece em quarto com 10,2%. Depois vem o senador José Maranhão (MDB) com 6% e a senadora Daniella Ribeiro (PP) aparece empatada com o governador João Azevedo (PSB) com 4,2%. Luciano Cartaxo (PV) tem 0,4%.

Não sabem ou não responderam correspondem a 20,2%.

A pesquisa entrevistou 500 pessoas em Campina Grande entre os dias 15 e 16 de julho.

MEMÓRIA

O empresário João Gregório iniciou a montar o seu império quando morava em Campina Grande. Amigo ‘in-pectore’ do então prefeito Cássio Cunha Lima, mais conhecido à época como “João Mamão”, logo começou a receber as benesses do Poder Público e instalou no bairro do Cruzeiro a famosa casa de shows Forrocck, sucesso d’O Maior São João do Mundo que veio a ser desativada, em negócio nebuloso, para dar lugar a uma garage de carros de lixo da prefeitura.

Com o dinheiro da operação, Gregório mudou-se para João Pessoa e lá montou um novo Forrock e adquiriu a rádio e TV Arapuan, dando uma  fenomenal guinada na sua vida profissional e financeira, logo se alçando à condição de milionário paraibano, benção que ainda hoje agradece ao filho de Ronaldo Cunha Lima.

Fonte: Da Redação




Comentários realizados

  • Essa matéria ainda não tem comentários realizados e você pode ser o primeiro a comentar.

Deixe seu Comentário

Seu endereço de e-mail é de preenchimento obrigatório, mas não se preocupe que não publicaremos. Seu comentário será moderado pelo administrador do site e só será divulgado após isso.*


Outras Notícias