Homem forte da comunicação de RC anuncia morte do Correio da Paraíba: "a crise é braba"

08/06/2018

O “último dos moicanos” da mídia impressa particular no Estado, o jornal Correio da Paraíba, parece mesmo ter chegado aos seus dias finais, o que é lamentável não somente para a classe jornalística, que vê o mercado de trabalho sendo a cada instante amputado, mas para a economia como um todo.

A degola dos impressos começou pelos jornais associados ‘O Norte’ e ‘Diário da Borborema’ e avançou mais na frente com o ‘Jornal da Paraíba’, maior concorrente do que ainda sobrevive e que nos bastidores seus dirigentes comemoraram a queda imaginando que absorveriam para si a fatia gorda publicitária que ainda alimentava o JP, no que se enganaram redondamente.

Hoje, com a autoridade de quem dispõe de dados inquestionáveis sobre a área, o secretário executivo de Comunicação Social do Governo do Estado, jornalista Tião Lucena, abordou a questão em seu blog na internet e anunciou a péssima notícia – a morte do ‘Correio da Paraíba’

“Andam falando que o Sistema Correio de Comunicação está nos seus dias finais”, explica Tião para avançar sobre as causas. “O jornal está dando prejuízo e as verbas que antes massageavam o ego dos proprietários do sistema minguaram”, afirma explicando que “a crise é braba”.

Tião Lucena já assinou coluna das mais lidas no jornal de Roberto Cavalcanti e de lá um dia foi “enxotado” por motivações políticas, mas parece não guardar mágoas. Ao contrário, como explica em sua postagem, além de lamentar a possibilidade que diz ser real do sumiço do impresso, recorda que “o Correio já fez parte da minha vida e dele guardo doces lembranças”.

A declaração do secretário de RC só não chega a causar maior alvoroço no meio porque se dá no exato momento em que o jornal se coloca como o mais feroz crítico do atual governante paraibano, havendo a necessidade óbvia de se dar um bom “desconto” na história.

Fonte: Da Redação




Comentários realizados

  • Essa matéria ainda não tem comentários realizados e você pode ser o primeiro a comentar.

Deixe seu Comentário

Seu endereço de e-mail é de preenchimento obrigatório, mas não se preocupe que não publicaremos. Seu comentário será moderado pelo administrador do site e só será divulgado após isso.*


Outras Notícias