Prefeita do Conde se diz impotente para combate ao coronavírus e vereador flagra caixas de Azitromicina com validade vencida mofando em depósito municipal

05/06/2020

Farmácia Municipal ou Central de Medicamentos, seja lá que nome tenha sido dado pela prefeita Márcia Lucena (PSB) ao local onde remédios comprados pela prefeitura eram armazenados no Conde, virou hoje praça de guerra quando o vereador Malba de Jacumã, por ora fazendo oposição à gestora, invadiu o recinto e flagrou dezenas de caixas com o produto vencido, num inominável crime contra a Saúde pública, notadamente nesses difíceis tempos da crise do novo coronavírus.

Para “estourar” o depósito de remédios o vereador precisou recorrer à força da Polícia Militar, uma vez que funcionários da Secretaria de Saúde, a própria secretaria e até o procurador geral do Município tentaram impedi-lo de exercer o seu papel de fiscalizador da coisa pública.

Dezenas de caixas de medicamentos, inclusive os indicados para tratamento da COVID-19, foram descobertos praticamente escondidos em meio às pilhas de remédios com data de validade vencida ou a vencer nos próximos dias.

Um vereador da base de sustentação da prefeita aliou-se aos funcionários e também quis impedir a ação de Malba de Jacumã, que tudo documentou através de filmagens que irá disponibilizar para o Ministério Público e demais autoridades constituídas.

A prefeita Márcia Lucena, a propósito, declarou-se impotente para conter o avanço do coronavírus, embora tenha fechado o posto de saúde do Distrito de Jacumã e não ter criado nenhuma base de referência para atender pacientes no Município, cujo destino é a UPA do Valentina Figueiredo, em João Pessoa.

Entretanto, dezenas de caixas de Azitromicina, um dos remédios que integram o coquetel para atendimento precoce da COVID-19, estavam lá mofando no depósito num crime de Saúde Pública vergonhoso e pelo qual a prefeita terá que responder.

Fonte: Da Redação

 
What do you want to do ?
New mail



Comentários realizados

  • Essa matéria ainda não tem comentários realizados e você pode ser o primeiro a comentar.

Deixe seu Comentário

Seu endereço de e-mail é de preenchimento obrigatório, mas não se preocupe que não publicaremos. Seu comentário será moderado pelo administrador do site e só será divulgado após isso.*


Outras Notícias