Dia do sexo: conheça pelo menos sete benefícios que a prática traz para a saúde de homens e mulheres

08/09/2020

“Sexo é bom e faz bem à saúde”. A afirmativa faz parte do senso comum, mas quem assegura que ela faz sentido para além disso é o ginecologista e obstetra do Hospital do Hapvida em João Pessoa, Romeu Menezes Neto. No Dia do Sexo, celebrado neste domingo (6), o especialista cita pelo menos sete fatores que comprovam que a relação sexual promove benefícios à saúde, tanto de ordem fisiológica, quanto emocional.
 
A primeira benfeitoria apontada pelo médico é o fortalecimento dos ossos. Romeu Menezes Neto explica que o aumento do nível de estrogênio no organismo, hormônio feminino responsável pela proteção da saúde óssea, beneficiam principalmente mulheres que estão ou já passaram pelo período da menopausa. O Sistema Imunológico também é beneficiado pela prática de sexo. “Isso ocorre porque fazer sexo libera níveis maiores de Imunoglobulina A (IgA), que pode proteger contra infecções e inflamações”, esclarece.
 
E sabe aquela história de que “fazer sexo emagrece?”. Pois é, é uma afirmativa comprovada pelo especialista. “A prática do sexo pode ser um ótimo exercício para queimar calorias. É comprovado que cerca de trinta minutos de relações sexuais queimam aproximadamente 90 calorias. Com isso, uma vida sexual ativa pode trazer até resultados de perda de peso”, pondera Romeu.
 
O alívio das dores no corpo é outro benefício que a saúde encontra por meio do sexo. Segundo o ginecologista, isso porque o orgasmo libera substâncias que atuam no sistema nervoso, como a endorfina, que funciona como um analgésico natural. Com isso, esse e outros elementos acabam diminuindo a sensibilidade à dor. “A estimulação que ocorre na vagina pode aliviar dores nas costas, nas pernas, cólicas menstruais, sintomas da artrite e até mesmo dores de cabeça”, explica.

Dia do sexo: conheça pelo menos sete benefícios que a prática traz para a  saúde de homens e mulheres - Polêmica Paraíba - Polêmica Paraíba
 
Romeu Menezes Neto assegura ainda que através da liberação do hormônio prolactina, a atividade sexual promove o relaxamento do corpo, contribuindo para que o indivíduo durma melhor. “A melhora do sono é um dos principais benefícios do sexo. E isso acontece porque esse hormônio é responsável pelas sensações de relaxamento e sonolência. O estado de calma e tranquilidade têm um efeito prolongado, podendo durar por vários dias após a relação. O motivo é que a ação dos neurotransmissores agem no organismo com mais regularidade e numa quantidade maior”, explana.
 
A atividade sexual proporciona melhora no aspecto da pele e também do cabelo. O médico do Hospital do Hapvida afirma que o prazer estimula a produção de hormônios relacionados à saúde dos tecidos do corpo, dando mais brilho e melhorando a textura da pele e dos cabelos. “Além disso a vasodilatação e o aumento da temperatura corporal provocados pela relação sexual contribuem para uma pele mais jovem e saudável”, aponta o especialista.
 
Romeu Menezes Neto reforça que outro benefício que o sexo promove à saúde de homens e mulheres é a diminuição no nível de estresse. O especialista assegura que as sensações de prazer provocadas pelo sexo trazem bem estar e ajudam a aliviar a tensão e os sintomas de ansiedade, assim os níveis de estresse podem diminuir bastante. “O cortisol, hormônio responsável pelo estresse, também tem a sua produção reduzida. De acordo com uma pesquisa realizada pela Durex Global Sex Survey, o sexo também melhora o humor para 63% dos homens e 72% das mulheres”, esclarece.

Fonte: Assessoria




Comentários realizados

  • Essa matéria ainda não tem comentários realizados e você pode ser o primeiro a comentar.

Deixe seu Comentário

Seu endereço de e-mail é de preenchimento obrigatório, mas não se preocupe que não publicaremos. Seu comentário será moderado pelo administrador do site e só será divulgado após isso.*


Outras Notícias